segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Curso Introdutório de Formação de Monitores Ambientais do Parque Estadual do Prosa reforça o Conhecimento, a Cooperação e a Alegria


Entre os dias 29 e 30 de outubro foi realizado o Curso Introdutório para Formação de Monitores Ambientais do Parque Estadual do Prosa (PEP). O curso teve como objetivo introduzir a qualificação de profissionais na área de monitoria ambiental para condução de visitantes no Parque Estadual do Prosa, uma das Unidades de Proteção Integral de Mato Grosso do Sul.

Esta iniciativa é resultante da parceria entre a Gerência de Unidade de Conservação do IMASUL com o Instituto Mamede de Pesquisa Ambiental e Ecoturismo, e contou com a participação de acadêmicos da UEMS, UFMS, UCDB, Guardas-parque do PEP e Guias de Turismo da região. 
O gerente de Unidade de Conservação – IMASUL, Leonardo Tostes Palma, reforçou a importância da participação dos acadêmicos de Turismo, assim como de outras áreas nas ações de gestão e proteção das Unidades de Conservação do Estado. Segundo Leonardo “O monitoramento das visitações ao PEP deve ser feito por profissionais qualificados tendo em vista que a experiência do visitante deve congregar conhecimento e alegria”.
A acadêmica Michelle Bento Costermarii (turismo - UEMS) afirma que “o curso trouxe nova visão do que venha ser um monitor ambiental, que além de saber tem de gostar da atividade que realiza. Mais que conhecimento adquirido, o curso permitiu rica troca de experiências entre profissionais de múltiplas áreas”.
Já a acadêmica Mariana Bessa Sanches (Ciências Biológicas – UFMS) afirma que “em um pequeno espaço de tempo aprendi muito e adquiri novas experiências que são de importante valia, e que vão contribuir tanto para minha formação acadêmica como para minha vida e formação enquanto pessoa. Foi uma grande oportunidade de crescimento, dado o contato com a profissão de monitor ambiental e indagações que não seriam a mim ofertadas na universidade. Concluo o curso com novas expectativas para o futuro”.
A diretora do Instituto Mamede, Simone Mamede, reconhece na formação de monitores ambientais oportunidade de fortalecimento de valores, construção no coletivo e de envolvimento de diversos atores sociais para assegurar não somente proteção da biodiversidade do PEP, mas permitir que o ecoturismo seja exercido de forma consciente e sustentável, contribuindo no manejo adequado da UC e gerando benefícios correspondentes à sociedade envolvida.
A Formação de Monitores Ambientais do Parque Estadual do Prosa dará continuidade em 2012, como parte das ações para concretização de territórios sustentáveis e à melhor qualidade de vida das populações locais que detêm o conhecimento local e podem aumentar a proteção efetiva das Unidades de Conservação.













Nenhum comentário:

Postar um comentário